free html templates

CONTROLE DE ACESSO

Cada vez mais é importante monitorar a entrada e saída de pessoas dos ambientes, isso para garantir a segurança das
pessoas, o sigilo das informações e a integridade dos bens. Contar com sistemas e equipamentos efetivos para fazer esta gestão é essencial, afinal, não é possível manter um profissional 100% do tempo fazendo a gestão acesso de todos os ambientes. E a gestão humana é passível de falha. Hoje a tecnologia oferece diversos inúmeros recursos eficientes
para fazer o monitoramento de acesso, sem complicação e de forma fácil. Dessa forma, é possível assegurar a entrada fácil e simplificada de pessoas autorizadas, bloquear os não autorizados, gerenciar diferentes níveis de acesso nos ambientes, garantir a segurança de todos e a integridade de bens e informações sigilosas. Ao mesmo tempo, ter informações vivas e estratégicas (número de pessoas, qual o horário de maior fluxo, quais os ambientes por onde passaram etc.) na palma da mão para fazer a gestão. Saiba tudo o que precisa saber sobre controle de acesso (tecnologia usada, tipos, benefícios etc) nas linhas abaixo.

CONTROLE DE ACESSO FÍSICO

Este tipo de controle é utilizado com o intuito de gerenciar o fluxo de pessoas em um ambiente e normalmente é gerenciado por um profissional. Se compõe por uma barreira física (parede, muro ou cerca) e conta com um ou mais pontos de entrada, controladas por por meios mecânicos (portões, cancelas, outros), eletrônicos (catracas, fechaduras etc.) e procedimentos definidos pela organização.

Este tipo de gestão de acesso é utilizada com frequência em edifícios comerciais e residenciais, salas, empresas, áreas internas e eventos. O controle físico se caracteriza pela necessidade de compra e manutenção constante de equipamentos e treinamento de profissionais para administrar os equipamentos e diferentes situações que possam acontecer.

CONTROLE DE ACESSO LÓGICO

Já o controle lógico se vale da tecnologia para liberar o acesso aos ambientes. Isso acontece por meio da leitura biometria, reconhecimento facial, senha e id de acesso, cartão mifare, reconhecimento de voz e íris, entre outras. Neste caso, a pessoa já está previamente cadastrada no sistema; o que permite entrar e sair do ambiente sem a necessidade de pessoas para a gestão.